A Microsoft está trabalhando em uma novidade para aqueles que gostam de produzir efeitos especiais em vídeos. Isso não se aplica somente a indústria de cinema, mas para qualquer usuário que queira editar vídeos com mais facilidade.

Coligado ao prolongamento nas vendas de câmeras digitais e celulares com multimídia, serviços de streaming ajudaram bastante a popularizar os vídeos caseiros. Percebendo esse incremento, muitos programas da TV ocasião começaram a utilizar os vídeos caseiros para fazer segmento de noticiários e programas de humor, o que tornou o público ainda mais interessado nesse tipo de mídia.

Muitos usuários utilizam seus vídeos caseiros para produzir efeitos visuais diferentes, porquê uma esfera de queimação ou aditar qualquer elemento privativo à cena. Porém, as técnicas atuais exigem mais do que uma simples editoração no computador e necessitam de mais recursos que somente o computador não consegue suprir, porquê a famosa tela verdejante (Chroma Key) ou maquiagens.

 Hoje em dia, a edição de efeitos especiais é feita em cima de cada pedaço do vídeo (frames). Ou seja, um vídeo é formado por diversas imagens em sequência que formam um movimento. Para inserir efeitos especiais nessas cenas, é preciso editar cada imagem separadamente para manter o paisagem 3D do vídeo, porquê por exemplo, os dois lados de um rosto.

Mesmo para um vídeo limitado, uma vez que em propagandas de 30 segundos – a 24 frames por segundo (fps), é necessário editar tapume de 720 imagens. Além de demorado e fadigoso, esse processo torna o resultado final extremamente custoso.

Existem softwares que permitem gerar diversos efeitos legais. Porém, estes editores não são tão realistas porquê os do cinema, pois esse processo é feito com câmeras estáticas e com poucos recursos. Com a câmera em movimento, esse trabalho é um pouco mais complicado e exige técnicas que somente os grandes estúdios conseguem remunerar.

A equipe de desenvolvimento do projeto desenvolveu uma técnica que permite editar o vídeo uma única vez. Em seguida conquistar todos os movimentos da superfície a ser editada, o software distribui a edição para o restante do vídeo involuntariamente, sem a urgência de editar quadro a quadro.

Isso tudo proporcionará maior facilidade para usuários domésticos personalizar seus vídeos, porquê alterações faciais ou geração de animações em 3D mais realistas, mesmo com a câmera em movimento.

O processo consiste em tomar e transmutar toda a superfície 3D do vídeo em uma imagem 2D, a qual pode ser editada em qualquer software de edição de imagens. Em seguida, a imagem é recolocada no editor de vídeo com as alterações.

A técnica é muito semelhante ao modo uma vez que os estúdios de Hollywood costumam aditar efeitos visuais, só que ao invés de fazer todo processo com maquiagens e efeitos que alteram o personagem ANTES da filmagem, o protótipo da Microsoft permite editar os vídeos APÓS a gravação.