Como requerer beneficio de deficientes?

Muitas pessoas não sabem o que tem direito como deficiente, seja uma criança, jovem ou adulto deficiente.

Infelizmente a divulgação é pouco dada, porque em um pais  de baixa renda e baixo índice de analfabetos não vão muito atrás do que tem direito e ficam sem saber.

Hoje em dia tem várias ações do governo onde os deficientes podem ser beneficiados, mas nada é muito fácil tem que correr atrás dos direitos e saber qual o grau e tipo de deficiência e tem que comprovar;

Temos crianças com síndrome de Down que podem ser inseridos em escolas públicos junto com outras crianças para a ressocialização delas.

Dependendo do tipo de deficiência temos até trabalho para que possam ser inseridos na sociedade.

Infelizmente ainda hoje no século 21 muitos desses direitos são negligenciados denotando total diferença e preconceitos com essas pessoas.

Infelizmente ainda existe muito preconceito para com os deficientes.

Como infelizmente não vivemos em um país onde a população tem alto índice analfabetismo como eles poderiam saber dos seus direitos. Com isso o próprio Governo faz vista grossa para isso.

Primeiro toda criança, adolescente portadores de deficiência ou idosos em qualquer circunstância  devem ter atendimento preferencial e especializado.

O poder público ainda deve fornecer gratuitamente para aqueles que precisam de medicamentos, tratamento ou até próteses para sua habilitação e reabilitação.

Toda criança portadora de deficiência tem direito a educação regular de ensino e em escola pública para ressocialização destas.

 

Quando for adolescente tem que ter o seu direito assegurado ao trabalho.

Muitas pessoas não sabem mas o eficiente que tem que usar fraldas descartáveis medicação de alto custo é dever do poder público assegurar que nada falte, desde que esteja sem condições para arcar com os custos.

Inclusive a população não sabe se uma criança, adolescente ou idoso não tem condições nenhuma e nem a família a previdência paga para sobrevivência e subsistência.

O beneficio de prestação continuada corresponde a um salário mínimo para quem não tem renda.

Quem tem direito não é somente quem tem deficiência, mas também pobres e idosos acima de 65 anos.

Não precisa ter pagado nada para a previdência.

Em ambos os casos devem comprovar não possuir meios de garantir o próprio sustento e a renda familiar tem que ser um quarto do salário mínimo.

Essa regra é muito fácil de fazer.

Vamos dizer que na sua casa tem 4 pessoas e o salário de uma delas seria 937,00.

Então divide por 4 seria = ? Não pode ultrapassar R$234,25.

Como deve requerer o beneficio.

A pessoa deficiente, responsável ou o idoso deve agendar o atendimento no INSS mais próxima de sua residência, preencher o formulário de solicitação e apresentar o documento de identificação pessoal e da pessoa que precisa do beneficio.

É lógico que no caso de quem tem deficiência deverá passar por uma perícia médica antes, que será marcada e terá que ir em horário agendado.

No caso de criança menor também poderá receber um benefício, desde que seja comprovada a deficiência, e o grau de deficiência.

Tudo se tem ajuda e se tem solução, basta saber onde e como pedi-las e que também nada é fácil tem que correr atrás.