rios

Um dos maiores desafios das empresas na atualidade está focado na formação de equipes. Em um universo onde a colaboração está cada vez mais presente e as ações individualizadas tendem a perder espaço dentro das corporações, a formação de equipes passa a ser um ponto chave na estratégia de sucesso das empresas.Mesmo nas startups onde o número de pessoas é reduzido, as chamadas lean startups, a sinergia e os resultados gerados em equipes são muito valorizados, em alguns casos, é o elemento primordial para investimentos e para a perenidade.Mas uma vez que a formação de equipes acontece? O que é necessário para saber se eu estou no caminho visível?

  1 – Propósito

Descobrimos que o primeiro elemento que deve sustar na formação de equipes é um tino de Propósito muito definido.O propósito é o combustível que move a equipe, é o elemento-chave para motivar as pessoas a seguirem em uma única direção.Imagine porquê seria trabalhar numa empresa que oferece, por trás do que vende, a alegria de viver. Um pouco porquê se você ao realizar uma venda, ou operar uma máquina, o resultado do seu trabalho fosse a alegria de viver. É logo que os profissionais das equipes da Havaianas se sentem. O propósito da marca é tornar a vida mais ligeiro, mais feliz e descontraída. Ou será que se você estivesse sentado em sua mesa de trabalho com um par de Havaianas nos pés você se sentiria mais macambúzio?O propósito torna a vida mais fácil, é uma vez que se fosse o substância principal da formação de equipes. As pessoas gostam e querem se conectar a uma culpa. Pense em um hospital onde seus profissionais trabalham todos com um único foco, não a trato de doenças, mas sim na promoção da felicidade. Muda nosso ponto de vista, não é mesmo?Isso gera um novo caminho para os negócios e para as equipes.

  2 – Cultura Organizacional

Oriente é o segundo passo para a formação de equipes de subida performance. A cultura organizacional é a argamassa que une o propósito ao conjunto de crenças e valores compartilhados da empresa. Ela é construída não pelo que a empresa faz, mas pelo que as pessoas já fizeram. Cultura é o conjunto de ritos que levam uma pessoa a fazer um pouco. É importante saber que não basta ter um conjunto de crenças e valores compartilhados se elas estão desalinhadas e possuem intensidade. Quando isso acontece normalmente veremos muitas cenas de discórdia na cultura desta empresa. De outro modo quando as crenças e valores compartilhados estão alinhados, mas não existe intensidade é verosímil perceber um mal-estar institucional, um pouco uma vez que uma anestesia universal que impede as pessoas de sentirem qualquer emoção.Para se erigir uma cultura que floresça é preciso de dois elementos. Alinhamento e Intensidade. Por isso no processo de formação de equipes é preciso que seja considerada a cultura organizacional. Gerar conhecimento sobre os pilares da cultura, compreender uma vez que ela opera nas pessoas e porquê as pessoas operam através dela. A cultura cria renome, faz com que as pessoas queiram fazer secção do time. É só perguntar para alguns profissionais em quais empresas gostariam de trabalhar e ao ouvir o nome da empresa questione o porquê da escolha. Na maioria dos casos você vai ouvir respostas relacionadas à cultura da empresa. O Google é um exemplo disso!

  3 – Objetivo Geral

Ter um objetivo geral é estabelecer o “objetivodo time”. É fornecer uma visão clara do resultado que estamos buscando.No processo de formação de equipes é preciso prometer que as pessoas compreendam o objetivo para que não haja dúvidas da direção a ser seguida.A maior incerteza é: Uma vez que? Alguns comportamentos devem ser observados neste processo. Se você já possui um objetivo definido, uma meta, boa segmento do caminho já foi estabelecido. Os passos a seguir são prometer o foco das pessoas que fazem segmento da equipe esteja na mesma direção, estabelecer uma notícia que flua para o objetivo e prometer que os objetivos individuais ou de pequenos grupos sejam também direcionados para imaginar o objetivo maior.

  4 – Definir Papéis e Processos

Ao se estabelecer o objetivo, agora é a hora de definir quais são os papéis dentro da equipe. Aos se instaurar quem faz o que, você permite que as atividades ganhem fluxo, ganhem nominação. Simples que todos dentro de uma equipe devem compreender que são responsáveis por fazer as coisas intercorrer, mas quando definimos as pessoas responsáveis, fica mais fácil o time se ajudar para erigir o resultado.Os processos estão intimamente ligados aos papéis, por fim, o fluxo de informações e atividades fica facilitado quando os processos fortalecem a estrutura do time.O processo diz onde uma atividade começa e onde ela termina. Ele determina o comportamento da equipe. Quer um exemplo? Se você está formando uma equipe de vendas e quer que as pessoas trabalhem em equipe, seus processos devem convergir para isso. Não adianta querer pessoas trabalhando em time se você avalia e bonifica-as de maneira individual. Dificilmente você terá tino de equipe naquele grupo de pessoas.

  5 – Comprometimento com o Resultado e Realização

Comprometer-se com o resultado a ser obtido é próximo elemento na formação de uma equipe. Equipes comprometidas fazem o resultado ocorrer. Lembre-se das equipes esportivas, porquê no vôlei, no futebol, na fórmula 1 e em quantas outras modalidades você lembrar e terá exemplos de pessoas e equipes comprometidas com o resultado. Leste elemento, tão simples, mas tão importante depende de cada quidam. Ele precisa compreender o que está dentro do seu domínio pessoal, o que precisa expandir em conhecimento, habilidades e atitudes.É preciso disponibilizar suas competências e recursos para o time quando for necessário. O comrometimento com o resultado deve estar desempenado com a realização.Levante passo coloca todos os outros em cheque. De zero adiantará formar ótimas equipes se eles não receberem suporte para executar. É onde a maioria das pessoas e equipes falham. Muitas vezes as empresas investem tempo, robustez e quantia no planejamento, da maneira adequada, mas esquecem de desenvolver uma estrutura de realização. No coaching, uma estrutura utilizada para o desenvolvimento de pessoas, com foco na ação, costumamos manifestar que o processo não acontece quando o cliente não vai para a ação. Quando ele não cumpre tarefas que são autodeterminadas.Executar significa colocar a mão na tamanho! Agir e realizar são todos verbos que queremos ouvir das equipes. No entanto mesmo que uma equipe execute as tarefas e construa grandes resultados, sempre é preciso ter elementos que os mantenham dentro dos padrões adequados de qualidade de sua realização. Você pode até saber marchar de bicicleta, mas se não tiver elementos que o balizem, talvez você não consiga executar a Volta Ciclística de São Paulo com seus mais de 900 km de intervalo. Mas com os elementos certos, uma equipe pode erigir grandes resultados!

  6 – Liderança

Apostamos muitas fichas nas equipes e temos certeza de que uma equipe pode produzir resultados muito melhores do que a soma dos resultados individuais. E que para se formar uma equipe possante, muitos elementos vão instaurar se você está construindo um bom time.Mas ao estudarmos as equipes e seu processo de formação, não conseguimos sobresair nenhum elemento com maior influência sobre os resultados de um time do que a liderança.Treinamento de equipe é importante, dar assistência no desenvolvimento das pessoas ou da liderança também são, e sabemos que quando liderança e a equipe se  fundem em uma peça única todos saem ganhando.É o líder o responsável por manter a equipe focada no propósito da empresa. Ele mantém o time na sua melhor performance quando ele alinha todos os passos anteriores e integra aos elementos da liderança de subida performance.As equipes podem edificar grandes resultados sem uma boa liderança. O que defendemos é que as empresas precisam e querem estas duas “peças” operando em conjunto. Funcionando uma vez que engrenagens de motores de aviões caça levante time formado agora pela equipe + a liderança é capaz de superar qualquer repto.Trouxemos um exemplo de equipe que encontra sua melhor forma quando percebe que não existe trabalho individual que supere o poder da equipe.Os SEALs, a tropa de escol da marinha americana, compreendem que para se formar uma boa equipe é preciso ter os melhores elementos unidos em um único propósito.A partir do primeiro dia no treinamento, os recrutas são ensinados da valor do trabalho de equipe. O foco não é no tipo. O vestuário de que nenhum SEAL tenha sido deixado para trás em uma missão é uma prova do sucesso deste sistema. Eles trabalham em equipes que variam de dois a dezesseis homens. Durante todo seu treinamento, aprendem porque o trabalho de equipe é necessário no tipo de tarefa em que estarão sendo inseridos. Os SEALs estão realizando tarefas que podem não ser possíveis para um único varão realizar, mas podem ser realizadas por uma equipe composta SEALs.Mantenha o foco nas coisas importantes e execute com superioridade.